Sta. Catarina de Sena

O sangue de um Deus, preço e meio de redenção do mal e do pecado, é tema que aparece sempre nos escritos da santa.

“Esta é a chave do Sangue do meu Filho Unigênito, é esta chave que abriu a vida eterna”…

“O Cordeiro tostado no fogo da divina caridade… O Cordeiro exangue, sangrando por todas as feridas”…

“Ponde, ponde a boca no costado do Filho de Deus; porque é uma abertura que lança fogo de amor, e derrama sangue para lavar nossas iniqüidades…

É um banho de sangue. Mergulhai-vos, afogai-vos no Sangue do Crucificado, lavai-vos no Sangue, embriagai-vos no Sangue… Revesti-vos do Sangue… E se fostes infiéis, rebatizai-vos no Sangue.

 Se o demônio vos ofuscou o olho da inteligência, lavai-o com Sangue. Se caístes na ingratidão por danos desconhecidos, sede gratos no Sangue… No ardor do Sangue deveis dissolver a tibieza e na luz do Sangue expulsai as trevas…

E de novo quero vestir-me de Sangue e despojar-me de toda vestimenta que usei até agora”…

Disse-lhe Jesus: “Quem contempla o preço de meu Sangue, que por ele paguei, tem a certeza da salvação”.

Pensando bem, temos de reconhecer que Jesus tem razão. O que Ele faz é apenas a recordar Rm 8,32 ss: “Se nem poupou o próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos dará tudo?… Criatura alguma será capaz de nos separar do amor de Deus”.

Juliana de Norwich

“Contemplai e vede! A divina abundância do seu Sangue precioso desceu até aos infernos. Quebrou correntes. Libertou as almas que lá estavam, mas que de direito pertenciam à corte celeste.

A divina abundância do Sangue precioso subiu aos céus no Corpo de N. Senhor Jesus Cristo, e lá está … sangrando e rezando por nós ao Pai, por tanto tempo quanto for necessário e preciso.

E durante toda a eternidade este Sangue bendito correrá a flux no céu, rejubilando-se de ter salvo todos os homens que estão lá, e que lá estarão completando o número daqueles que falharam, os anjos que caíram”.

Teologia das Realidades Celestes

Anúncios