CAPÍTULO X

É NECESSÁRIO TRATAR OS NEGÓCIOS COM CUIDADO, MAS SEM CANSAÇO NEM INQUIETUDE

O cuidado e a diligência que temos de pôr em nossos assuntos são coisas muito diferentes da preocupação, da inquietude e do cansaço. Os anjos têm cuidado com nossa salvação e a procuram para nós com diligência, mas nem por isso sentem inquietude, desassossego, nem ansiedade; porque o cuidado e a diligência são próprios de sua caridade, mas a inquietude, o desassossego e o cansaço seriam contrários a sua felicidade, mas sim o cuidado, a tranquilidade, e a paz de espírito, porém não o cansaço, nem a inquietude, nem muito menos a obsessão.

Seja, portanto, Filoteia, cuidadosa e diligente em todos os assuntos que tiver ao seu cargo, porque Deus confiou a você e quer que o trate como convém; mas, se for possível, não ande solícita nem ansiosa, ou seja, não faça com inquietude, angústia e cansaço. Não se apresses em sua função, porque toda precipitação perturba a razão e o julgamento, e nos impede também de fazer as coisas pelas quais nos cansamos.

Quando Nosso Senhor repreende Santa Marta, diz a ela: «Marta, Marta, andas muito apressada e se perturba por muitas coisas». Veja? Se tivesse sido simplesmente cuidadosa, não teria se perturbado; mas, como andava preocupada e inquieta, se precipita e se perturba, pelo que Nosso Senhor a repreende.

Os rios que se deslizam suavemente pela planície, conduzem grandes navios e ricas mercadorias, e as chuvas que caem suavemente nos campos, os fecundam e os enchem de ervas e de espigas; porém as torrentes e os rios que correm agitadamente pela terra, arruinam suas proximidades e são inúteis para o tráfego, da mesma maneira que as chuvas violentas e tempestuosas levam à desolação aos campos e às pradarias.
Jamais algum trabalho, feito com impetuosidade e com pressa, chega a feliz termo; é necessário mover-se lentamente, como diz o velho ditado: «Aquele que corre, afirmava Salomão, está em perigo de chocar e tropeçar». Sempre trabalhamos com prontidão, quando trabalhamos bem. As vespas fazem muito ruído e andam mais cansadas que as abelhas, mas só fabricam cera e não o mel. Então os que se cansam com um cansaço torturador e com uma inquietude ruidosa, nunca fazem muito bem.

As moscas não nos incomodam por sua força mas por sua quantidade. Da mesma maneira os grandes afazeres não perturbam tanto como os pequenos, quando estes são muito numerosos. Receba com paz todo o trabalho que venha sobre você, e procure atender a ele ordenadamente, fazendo uma coisa depois da outra; mas se quiser fazer todas ao mesmo tempo e com desordem, terá que fazer esforços que fatigarão e esgotarão seu espírito, e, por consequência, ficará desfeita pela angústia, e sem nenhum proveito.

E, em todos seus negócios, coloque unicamente na providência de Deus, pois só por ela terão êxito seus desígnios; trabalhe, portanto, por sua parte, suavemente, para cooperar com a Providência, e depois, crê que, se confia em Deus, o resultado que obtiver sempre será o mais proveitoso para você, se parecer bom, ou mal, segundo seu julgamento particular.

Faz como as crianças, que dão uma de suas mãos ao seu pai, e, com a outra, colhem morangos ou amoras junto aos cercados; mesmo assim, enquanto for reunindo e manejando os bens deste mundo com uma de suas mãos, pega sempre, com a outra, a mão do Pai celeste, e volte-se de vez em quando para Ele, para ver se está contente com seu trabalho ou com suas ocupações, e, sobretudo, guarde-se de soltar a mão e de subtrair-se a sua proteção, pensando que colherá e abrirá mais caminhos, porque, se Ele te abandonasse, não darias um passo sem cair de bruço na terra.

Quero dizer, Filoteia, que quando estiver no meio das ocupações naturais e afazeres comuns, que não exigem uma atenção demasiado forte nem absorvente, pense mais em Deus que no trabalho, e, quando este for de tanta importância que exija toda sua atenção para ser bem feito, fixa, de vez em quando, a vista em Deus, como o fazem os que navegam pelo mar, os quais, para ir ao lugar que desejam, olham mais para o céu que para baixo por onde andam remando. Assim Deus trabalhará com você, em você e por você, e seu trabalho irá acompanhado de consolo.

INTRODUÇÃO À UMA VIDA DEVOTA- São Francisco de Sales