forumlibertas.com

pensamiento positivo

05/11/2014 – Ideias com consequências

O pensamento positivo te faz preguiçoso e te leva ao fracasso
Jorge Soley

No fundo já suspeitávamos. Mas agora já temos um estudo universitário a nossa disposição para confirmá-lo. Os fatos, não obstante, faz tempo que nós o confirmamos: os entusiastas dos livros de auto-ajuda, do pensamento positivo, os leitores de Paulo Coelho, são demasiado assim, para dizer de forma fina, aquelas pessoas com as quais preferes não compartilhar muitos momentos de tua vida.

Agora a professora de psicologia da Universidade de New York, Gabriele Oettingen, nos confirma que tudo de boas vibrações e o positivismo pode ter efeitos devastadores. Em concreto, segundo os estudos realizados nos Estados Unidos e Alemanha, verificou-se que “as pessoas mais confiantes que o seu futuro vai ser bom, os estudantes que querem um compromisso, pacientes à espera de uma recuperação rápida ou estudantes que dependem de obter uma boa nota” têm mais probabilidade de fracassar em suas intenções. Ver o futuro com um excessivo cor de rosa provoca que não realizemos os esforços necessários para conseguir nossas metas. Fantasiar sobre nossos futuros êxitos reduz a probabilidade de consegui-los.

“Por que o pensamento positivo não funciona como poderíamos esperar?”, se pergunta Oettingem. E responde:”tal e como meus colegas e eu descobrimos que, sonhar sobre nosso futuro te sossega, reduzindo a pressão do sanue sistólica, mas também drena a energia que necessitas para atuar e conseguir os objetivos que te marcaram”.

Uma solução: sem cair no pessimismo crônico, e sonhando com objetivos positivos, assumir também os obstáculos com os quais vais encontrar. E deste modo distinguir entre objetivos alcançáveis e irreais. Soa razoável.

Em definitivo, que tudo isso dos gurus de boas vibrações, do não problema (ou se preferem o hakuna matata), de pensar positivo sempre e de que se o sonhas se tornará realidade, é uma bobagem que não resiste a mínima análise e que, de fato, te leva ao fracasso e, provavelmente, para consumir mais livros de auto-ajuda para descobrir que foi que falhou. Mas o que falhou foi, precisamente, cree nos livros de auto-ajuda.

http://www.forumlibertas.com/frontend/forumlibertas/noticia.php?id_noticia=31616